ITESCS Participa de Evento sobre o Futuro da Indústria no ABC

2022-05-26


No dia 18 de maio de 2022, a Agência de Desenvolvimento Econômico do ABC promoveu o evento Futuro da Indústria no ABC, que teve por objetivo discutir o tema e seus impactos na região do Grande ABC, levando em consideração os atuais problemas e oportunidades para a elaboração de uma agenda regional e um pacto entre Poder Público, Indústrias, Universidades e Trabalhadores.

O evento, que ocorreu durante todo o dia, no Campus Centro da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), foi composto de uma série de debates, com a presença de representantes de universidades, sindicalistas, empresários, prefeitos das sete cidades e do Governo do Estado. O ITESCS foi representado no evento por sua Coordenadora, Feliciana Nogueira e seu Vice-Presidente, Luciano Calchi.

Após a apresentação e as falas das autoridades presentes, foram realizadas quatro Painéis:

O Painel 1, “As Macrotendências da Indústria – O quadro da indústria hoje e as perspectivas do Brasil e do mundo” teve como palestrante o Presidente da CIESP, Rafael Cervoni, e participação de representantes da FEI, CIESP e CNTRV.

O Painel 2, “Problemas enfrentados pela indústria hoje no Grande ABC”, foi composto de uma Mesa com participações de representantes das instituições DECOMTEC/FIESP, CIESP, COFIP e ANFAVEA.

O Painel 3 foi composto por duas Mesas:
– Mesa 1, “Oportunidades e Agenda Regional”, composta por representantes das Secretarias de Desenvolvimento Econômico das sete cidades e das Universidades da Região (USCS, UFABC, USJT, FSA e Metodista).
– Mesa 2, “Agenda Regional”, composta por representantes da Agência GABC, Desenvolve SP, CIESP, Consórcio Intermunicipal Grande ABC e do Sindicato dos Químicos ABC.

Entre os importantes debates gerados no evento, houve destaque para a importância da conexão entre as sete cidades para que as grandes indústrias permaneçam no Grande ABC e também no sentido de contribuir com o fortalecimento das pequenas e médias, também de grande importância para a região; dialogando com as empresas para conhecer suas reais necessidades e buscando melhorias para mantê-las na região. Além disso, foi discutida a necessidade de projetos buscando fortalecer o ecossistema da região em relação à infraestrutura tecnológica, tecnologia 5G e coalizão digital.

Ao final do evento foi firmada a criação de um Fórum da Indústria Regional, com o objetivo de aprofundar os debates sobre a área. A ideia inicial, apresentada pelo líder da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, Aroaldo Oliveira, é que esse Fórum seja composto de 32 representantes, com membros das sete prefeituras da região, universidades, sindicatos e indústria, além de membros do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, da Agência de Desenvolvimento Econômico, do Sebrae e do Governo do Estado. A previsão é que seja criado até o início de junho. 

O Vice-Presidente do Instituto, Luciano Calchi, destaca que o evento teve um papel muito importante e esclarecedor, pois estavam todos os atores do ecossistema: empresários, poder público, sindicatos, universidades e entidades da indústria. “Discutindo problemas reais e soluções possíveis diante dessa crise,  podemos ter a oportunidade de criar soluções que fomentem a economia do Grande ABC”, explica. Além disso, Calchi reforça a importância de haver mais ações que possam ir além do debate, que possam gerar ações concretas em busca de resultados bons para todos os envolvidos.

O evento teve o apoio do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, CIESP, Universidade de São Caetano do Sul e Universidade São Judas Tadeu.



Você também pode se interessar

Fique por dentro de tudo!