IA NO CENTRO DAS TECNOLOGIAS PARA GOVERNOS

2024-06-27


Quantos projetos de inteligência artificial em governos você tem visto sendo colocados em prática? No seu cotidiano de trabalho há alguma iniciativa estruturada em andamento?

Sei muito bem das dificuldades de convencimento internamente e para isso quero apresentar neste artigo alguns caminhos viáveis que podem auxiliar na transformação da vontade em ação.

Para mim, uma das imagens mais representativa sobre o papel que a inteligência artificial terá no dia a dia dos negócios, governos e na vida do cidadão é essa a seguir, que apresenta o ecossistema de soluções da Microsoft. Você já parou para analisar qual é o grande destaque recente?

Sim, o Copilot, que nasceu como uma ferramenta de chatbot que utiliza IA para ser a própria inteligência artificial central da Microsoft e que está integrado atualmente a cada um dos produtos do portfólio daquela que é uma das maiores empresas do mundo, seja nas ferramentas do Microsoft 365 (Office), no navegador do Edge, na nuvem Azure e nas aplicações de suporte aos desenvolvedores.

Ainda ouço muitas perguntas dos gestores de governo com dúvidas: “será que a inteligência artificial é uma bolha? Será que é apenas hype?”

Sem dúvidas nenhuma, este é um caminho sem volta. Para qualquer programa de Smart Gov daqui para frente, teremos que integrar a inteligência humana, para ouvir, planejar, estruturar e executar programas e ações focadas na melhoria de vida das pessoas com o suporte da inteligência artificial, que nos ajuda a dar agilidade ao processo.

Durante o CSC GovTech , evento que aconteceu em São Paulo, fui convidado pelo time da Microsoft para entender melhor como essas soluções podem ser utilizadas na prática por gestores públicos de todas as esferas: federal, estaduais e municipais.

Aproveito para agradecer o time incrível liderado pelo Carlos Teixeira que colaborou com os conteúdos: Daniella Dietrich Poczapski, Nilson Cunha, Gabriel Barboss, Celina Nakayama, Rafael Lavecchia, Heather Keleher, Yen Ho, e diversos outros colaboradores.

Para nos aprofundarmos no tema, vou trazer aqui o destaque de duas soluções da Microsoft que podem ser rapidamente utilizadas por qualquer governo: o Copilot Studio e o Copilot para Microsoft 365, o antigo Office.

A essa altura, é quase certo que você já deva ter ao menos ouvido falar no Copilot e tenho quase certeza de que tem muitas dúvidas sobre o que ele realmente faz e como pode ajudar a otimizar o seu trabalho e o trabalho do governo onde você atua.

Nossa abordagem aqui é sobre o universo dos governos, mas o impacto nas empresas privadas segue a mesma lógica.

E se durante a leitura você tiver qualquer dúvida ou comentário, pode interagir por aqui. Não deixe de curtir este artigo para que eu saiba que o conteúdo fez sentido para você.

COPILOT PARA MICROSOFT 365 NOS GOVERNOS

O Copilot para Microsoft 365 é uma ferramenta de inteligência artificial integrada aos produtos do Office 365, como Word, Excel, PowerPoint, Outlook e Teams, por exemplo. Por trás da solução, ele utiliza o modelo de linguagem avançada GPT da OpenAI, atualizando de acordo com o avanço das versões.

Ele ajuda a aumentar a produtividade dos usuários, fornecendo assistência em tempo real e automatizando tarefas repetitivas, podendo criar, editar e resumir documentos, analisar dados, gerar apresentações, gerar resumos de reuniões do Teams, gerenciar e-mails e colaborar em equipes.

Como funciona o Copilot 365?

O Copilot está embutido em todos os aplicativos do Microsoft 365, aparecendo como uma barra lateral ou uma opção no menu, dependendo do aplicativo, trazendo inteligência e integração entre eles.

As soluções utilizam modelos de linguagem avançados para entender e processar as solicitações dos usuários em linguagem natural. Isso permite com que o Copilot compreenda comandos, perguntas e solicitações complexas.

Outro aspecto que sempre gera dúvidas é em relação à segurança. A Microsoft garante que todas as interações com o Copilot são seguras e respeitam as políticas de privacidade, protegendo os dados dos usuários, das corporações e governos. A empresa sempre reforça o conceito de IA responsável.

Exemplos práticos de uso do Copilot com cada ferramenta do Microsoft 365

*** Copilot no Word

Ao abrir o Word com a licença do Copilot contratada, dentro do corpo do editor de texto já aparece a sugestão de suporte com IA. Ela pode ajudar a redigir e revisar textos, sugerir melhorias, gerar resumos e até criar documentos com base em tópicos fornecidos.

Com o assistente, você não precisa mais começar a escrever do zero. Pode pedir referências sobre o tema em websites ou em arquivos armazenados no OneDrive ou SharePoint. Ao digitar barra “/” no chat, você pode inserir referência de pessoas, de arquivos, de reuniões ou de e-mails que estão salvos.

A ferramenta vai sugerir o texto inicial de acordo com os direcionamentos que você der e, a partir dessa sugestão, você pode fazer a edição como em um documento do word convencional. Caso não tenha ficado satisfeito com a sugestão do texto, pode pedir uma nova versão ou complementos.

Imagine que você é um gestor municipal, viu uma lei interessante de um outro município e gostaria de trazer e adaptar para a sua realidade local. Você pode inserir o documento, sinalizar quais itens da lei deseja manter, quais pretende alterar, quais devem se enquadrar a uma outra lei municipal, entre outras adequações. O Copilot vai reescrever e apresentar uma sugestão adequada aos seus comandos.

Lembrando que ele é um Copiloto e não um Piloto. O papel é de suporte para que o gestor possa utilizá-lo como um parceiro e fazer a sua avaliação a partir disso.

Informações detalhadas sobre como utilizar o Copilot no Word: https://support.microsoft.com/pt-br/office/bem-vindo-ao-copilot-no-word-2135e85f-a467-463b-b2f0-c51a46d625d1


*** Copilot no PowerPoint

Seguindo a mesma lógica do Word, o Power Point integrado ao Copilot auxilia na criação de slides, sugere layouts, fornece conteúdo baseado em tópicos e pode até gerar apresentações completas a partir de um resumo ou um conjunto de pontos principais.

Para iniciar, na barra do menu principal selecione o botão Copilot.

Na sequência, escolha a melhor opção, podendo ser a criação de uma nova apresentação.

Pronto. Já aparecerá uma janela para inserir a sua solicitação (prompt).

Para seguir a mesma linha de produção, vamos pegar o projeto de lei que criamos com o Word e pedir para o Copilot criar uma apresentação de XX slides, utilizando um template que já é utilizado na Prefeitura. Quanto mais detalhadas são as informações fornecidas, mais próximo da expectativa será a entrega.

Pode sugerir quais serão os tópicos de cada slide, tipo de ilustração e imagem, quais destaques quer que tenha, entre outras. Caso você não detalhe, ele vai sugerir de uma forma mais genérica.

A partir da sugestão, pode pedir para refazer todo o layout ou adicionar novos conteúdos. A IA também sugere algumas notas para o orador e tabelas, caso tenham referencias de números ou comparativos.

Informações detalhadas sobre como utilizar o Copilot no Power Point: https://support.microsoft.com/pt-br/office/criar-uma-nova-apresenta%C3%A7%C3%A3o-com-o-copilot-no-powerpoint-3222ee03-f5a4-4d27-8642-9c387ab4854d


*** Copilot no Excel

Também segue a lógica de integração do Word e Power Point, facilitando a análise de dados, na criação de fórmulas complexas, geração de gráficos e podendo automatizar a entrada e análise de informações.

Imagine que você tenha feito uma pesquisa para ouvir a população sobre a qualidade dos serviços nas escolas públicas e precisa fazer o cruzamento dos dados que foram coletados para transformar em um plano de ação. Você pode inserir a planilha com o resultado coletado e pedir ajuda ao Copilot para interpretar os dados: qual o percentual de satisfação geral, quantos estão insatisfeitos na unidade centro, quais motivos principais, se há diferenças por faixa etária, unidade escolar, perfil social, entre outros.

A IA também pode fazer análise de tabelas, destacando tendências, padrões, sugerindo um plano de ação e elaborando gráficos, como por exemplo, auxiliar na análise financeira sobre a gestão anual gerando projeções, fluxo de caixa e apontamentos com base nos dados fornecidos.

Informações detalhadas sobre como utilizar o Copilot no Excel: https://support.microsoft.com/pt-br/office/introdu%C3%A7%C3%A3o-ao-copilot-no-excel-d7110502-0334-4b4f-a175-a73abdfc118a


*** Copilot no Teams

O Copilot no Teams facilita a colaboração em equipe, gera resumos de discussões e pode sugerir ações baseadas nas conversas.

Imagine que você se atrasou para uma reunião e entrou 15 minutos após o início. Com o chat integrado ao Teams, é possível solicitar que a ferramenta faça o resumo da reunião até o momento que você entrou.

Pode pedir informações se alguém citou o seu nome ou atribuiu alguma ação a você. Ele vai apontar o que aconteceu e dar o minuto e segundo em que isso aconteceu para que você possa assistir.

Em um outro cenário, você tinha duas reuniões importantes no mesmo horário e certamente só poderia participar de uma e não terá tempo para assistir a que perdeu na íntegra. Você pode pedir resumos, destaques individuais, por exemplo o resumo da fala do seu secretário de governo, ou sobre quais foram as sugestões de ação para cada pauta discutida.

Mesmo que a reunião tenha sido em outro idioma, é possível fazer perguntas em português, ele vai interpretar e responder em português.

Informações detalhadas sobre como utilizar o Copilot no Teams: https://support.microsoft.com/pt-br/office/introdu%C3%A7%C3%A3o-ao-copilot-em-reuni%C3%B5es-do-microsoft-teams-0bf9dd3c-96f7-44e2-8bb8-790bedf066b1


*** Copilot no Outlook

O Copilot no Outlook se torna um agente de suporte para gerenciar e-mails, sugerir respostas, organizar agendas e poder ajudar a priorizar mensagens importantes.

É possível, por exemplo, pedir para o chat fazer um resumo dos seus e-mails da semana, e apresentar em forma de tabela com sugestões de como deve priorizar.

Posso pedir para o copiloto buscar informações de um arquivo para responder um e-mail específico, com sugestões de ações a serem tomadas.

Para informações mais detalhadas sobre como utilizar o Copilot no Outlook, acesse https://support.microsoft.com/pt-br/office/rascunhe-uma-mensagem-de-email-com-o-copilot-no-outlook-3eb1d053-89b8-491c-8a6e-746015238d9b


Uma nova era para o Office

As mudanças são realmente transformadoras e quanto mais utilizamos mais nos familiarizamos com as ferramentas.

Antes de falarmos sobre o Copilot Studio, quero saber se você já teve alguma experiência com o Copilot para o Microsoft 365. Comente aqui.


COPILOT STUDIO

Como vimos, o Copilot para o Microsoft 365 auxilia os colaboradores na otimização dos processos. Já o Copilot Studio, que faz parte das soluções do Power Platform, permite a criação dos próprios assistentes de inteligência artificial dos governos e empresas, possibilitando a integração dessas aplicações com diversas outras soluções externas como portais, WhatsApp, entre outros. Ele permite também a integração com as soluções do 365 e a criação de mecanismos de atendimento aos colaboradores.

Independente da classe social ou nível de escolaridade, todos os cidadãos podem encontrar o que precisam por meio de conversas com a inteligência artificial da mesma forma que ele conversaria com um amigo, o que chamamos de linguagem natural. É de fato uma democratização do acesso aos serviços públicos.

Estado proativo

O governo passa a enxergar e acolher o cidadão de forma mais abrangente por meio da integração dos dados do cidadão nos diferentes pontos de atendimento.

A inteligência artificial ajuda o gestor público a compreender melhor os cenários, permitindo antecipar algumas demandas e serviços de suporte necessários para um melhor bem-estar e qualidade de vida da população. A jornada de comunicação passa a ser individual, personalizada e em tempo real.

Criação de assistentes virtuais de forma prática

Dentro do gerenciador do Copilot Studio, o gestor público pode criar os próprios assistentes virtuais, utilizando uma interface low code/ no code (que não precisam de grandes conhecimentos em programação e TI).

Imagine que você precisa criar um assistente virtual para auxiliar o cidadão sobre dúvidas que ele tem para a utilização dos serviços públicos de saúde: como agendar uma consulta, quais especialidades estão disponíveis, se existem centros de emergência, entre outras dúvidas.

Fica a pergunta: “mas como o assistente virtual saberá de todas essas informações?”.

Dentro do acesso à plataforma do Copilot Studio, é possível inserir a fonte de onde a inteligência artificial vai buscar as informações para responder às dúvidas em linguagem natural: documentos com as legislações, FAQ, sites de referência, manuais informativos, entre outras bases de conhecimento e documentos em pdf, World, Excel, entre outros formatos.

Para facilitar, ele poderá fazer as perguntas por texto e integrando funcionalidades de voz.

Dentro do gerenciador administrativo, é possível a utilização de diversos conectores low code/ no code, que possibilitam uma melhor compreensão por meio da visualização de gráficos e indicadores analíticos e preditivos em tempo real.

Mensagens proativas automatizadas

Quando pensamos no cidadão de uma forma integral, alguns aspectos podem ser previstos de acordo com a evolução de idade e outros com base no comportamento individual. Muitos deles têm grande influência no desenvolvimento intelectual, da saúde, da empregabilidade, entre outros aspectos. Já podemos imaginar o tamanho da economia que podemos gerar antecipando prevenindo acontecimentos, sem falar no aumento da qualidade de vida das pessoas.

Vamos refletir sobre a história da Sandra.

Durante a sua gestação, ela não tinha informações corretas de como se preparar em cada etapa da evolução do bebê. Imagine se ela pudesse receber periodicamente uma comunicação com rápidas informações sobre a sua gestação e com lembretes sobre o seu pré-natal. Após o nascimento da sua filha, informações sobre as datas sugeridas de vacinação, acompanhamento da evolução do bebê entre outras.

Durante a evolução escolar da criança, ela poderia receber informações sobre cuidados que podem fazer a diferença no desenvolvimento cognitivo ou receber uma notificação caso não seja identificada sua matrícula escolar.

Para o seu tratamento de bronquite, o sistema pode lhe passar informações relevantes e lembretes sobre as próximas consultas.

Caso fique desempregada, ela pode optar por receber informações sobre qualificações gratuitas e sugestões de vagas que se adequem ao seu perfil, ou sugerindo novos caminhos em situações em que não se tem segurança para onde seguir.

Nesses e em diversos outros setores do serviço público é possível fazer a automatização da comunicação personalizada de acordo com marcos temporais e/ou características individuais de cada cidadão.

Isso pode realmente mudar o jogo quando falamos em gestão pública!

Multicanal

O Copilot permite uma experiência integrada e unificada de ponta a ponta. O governo se torna um hub de todos os serviços necessários pelo cidadão, permitindo que a experiência seja cada vez mais fluida e assertiva.

O gestor tem a possibilidade de escolher quais canais externos ele quer integrar à solução do Copilot: dentro do portal do governo, uma página específica de algum programa ou projeto, apps, canais de relacionamento e de atendimento ao cidadão como o WhatsApp, entre outros.

Há a possibilidade também de criação de uma solução para interação com os funcionários públicos, podendo utilizar canais como o Microsoft Teams, ou as mesmas soluções descritas para o cidadão, com cuidados em relação a logins de acesso.

Vamos imaginar um servidor público que queira solicitar férias. Será que ele poderia fazer isso de uma forma mais simples?

Sim, é possível que o governo integre o sistema de RH ao Copilot e permita que por meio de trocas de mensagens ele faça essa solicitação. O sistema vai buscar as informações na base do sistema interno, que vai solicitar detalhamentos, dizer quantos dias tem disponível, a data de início, e outros detalhes. A solicitação é enviada para aprovação do superior que é notificado e pode aprovar também de forma ágil.

O mais interessante é que, dentro do gerenciador pode-se criar filtros e as solicitações são direcionadas aos especialistas de cada demanda.

“Deixamos de criar bots apenas para perguntas e respostas. Eles se tornam hubs de serviços”. Daniella Dietrich

Otimização do trabalho do servidor público

Diversas dúvidas e respostas necessárias para a resolução de problemas do cidadão podem ser esclarecidas rapidamente pela IA, que vai puxar informações de sites e documentos confiáveis inseridos na plataforma, bem como com base em casos históricos de resoluções anteriores.

Esses diálogos podem ser feitos utilizando os diversos canais como chats ou e-mails, podendo acionar as respostas automáticas ou uma sugestão prévia das respostas que serão enviadas pelos servidores.

Com a otimização desses processos, o servidor publico terá mais tempo para ampliar o escopo de sua atuação e fazer o acompanhamento das métricas de impacto e melhorias contínuas na qualidade dos serviços prestados.

Serviços modernizados

Existe ainda a possibilidade de uso de hiper automatização em baixo código para a digitalização e modernização dos serviços públicos.

O Copilot Studio oferece mais de 1000 conectores que fazem a rápida integração com soluções Cloud & outras soluções digitais de mercado, além da possibilidade de criação de conectores customizados.

Para isso, não há a necessidade de desenvolvimento de códigos de programação, ele utiliza o chamado drag & drop (arrastar e soltar).

Dentro do Copilot Studio, já existem alguns modelos de inteligência artificial prontos e parametrizáveis como OCR, análise de imagens, textos, entre outros.

Segurança

A solução funciona em uma nuvem própria, onde as informações ali contidas são privadas e as interações com a inteligência artificial não são utilizadas para o treinamento da IA geral.

Em relação à segurança dos dados das informações dos usuários, também existem camadas de proteção e os acessos podem ser configurados no gerenciador para a exigência de login do cidadão.


HORA DE COLOCAR EM PRÁTICA

Espero que este conteúdo tenha feito sentido para você e que possa ter apresentado caminhos para a utilização da inteligência artificial na prática do seu dia a dia e da sua equipe.

Me conte quais as principais reflexões que teve, quais são as maiores barreiras para começar a utilizar e outras sugestões que você tenha.

Se prepare, pois ainda vou trazer muitos outros casos práticos de uso da inteligência artificial em governos.

No CSC GovTech tivemos também um painel incrível mediado pelo Marcio Gonçalves – Diretor de assuntos governamentais da Microsoft sobre “Uso de IA em governo e uso responsável” com a participação do Fabio Correa Xavier – CIO Tribunal contas são Paulo, Eduardo Aggio, Presidente do Detran São Paulo e Orlando Oliveira Santos – Diretor de Datos, Analytics e AI da Prodesp.

Mas trarei um artigo específico contando os bastidores dessas aplicações que vem gerando impactos milionários nos cofres públicos e gerando grandes impactos na vida dos cidadãos!

Felipe Carvalho



Você também pode se interessar

Fique por dentro de tudo!