Explorando o Mundo da Cloud: Opções de Deploy, Ambientes Híbridos e Multi-Cloud e seus Riscos

2024-06-21


A transformação digital é uma realidade inevitável para empresas que desejam se manter competitivas no mercado atual. Uma das principais ferramentas dessa transformação é a adoção de soluções em cloud computing.

O Mercado de Cloud Computing

O mercado de cloud computing tem crescido exponencialmente nos últimos anos e as previsões para os próximos cinco anos são ainda mais promissoras. De acordo com um estudo da Gartner prevê que, até 2025, o mercado global de cloud computing ultrapassará a marca de US$ 800 bilhões, impulsionado pela crescente demanda por serviços digitais e a necessidade de modernização das infraestruturas de TI.

A IDC estima que os gastos mundiais com serviços de nuvem pública alcançarão US$ 500 bilhões até 2025, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 21,5% entre 2021 e 2025. Além disso, a IDC prevê que, até 2024, mais de 90% das empresas globais utilizarão uma combinação de clouds privadas, públicas e híbridas.

Mercado Brasileiro

Recentemente, a IDC destacou que a computação em nuvem está desempenhando um papel fundamental no futuro da infraestrutura digital das empresas na América Latina. A previsão é que a nuvem pública cresça a uma taxa anual composta de 36,6%, movimentando US$ 6,3 bilhões até 2026. Além disso, a nuvem simplifica o acesso à tecnologia, permitindo que novas iniciativas sejam lançadas rapidamente com custo e risco operacional baixos (TI INSIDE Online) (TI INSIDE Online).

Opções de Deploy em Cloud

CLOUD PÚBLICA

A cloud pública é uma das opções mais populares e amplamente utilizadas pelas empresas. Nesse modelo, os recursos de computação, como servidores e armazenamento, são fornecidos por grandes provedores de serviços como Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure, Google Cloud, IBM Cloud, Oracle Cloud, entre outras opções. Esses recursos são compartilhados entre múltiplos clientes, proporcionando escalabilidade e custo-benefício.

Complementando o cenário acima, temos um enorme ponto de atenção quando adicionamos sistemas legados que não foram desenvolvidos para trabalhar na plataforma “cloud”. Temos vários casos em que empresas tiveram que fazer um roll back da migração porque a performance ficou pior comparada com um ambiente local e ainda com a falta de performance os custos previstos inicialmente explodiram.

Outro ponto que acredito é que não podemos ser tanto ao céu e nem tanto a terra. Entendo que cada empresa tem que avaliar sua necessidade de negócio e decidir o melhor cenário para ela. Em uma análise fria devemos pelo menos considerar:

  • Minhas aplicações são compatíveis com a plataforma cloud?
  • Eu estou disposto a ter um custo de operação com custo em USD, o qual não controlo?
  • Eu tenho equipe e ela está preparada para trabalhar de forma árdua na otimização dos ambientes de forma contínua? Lembre-se, ambientes em nuvem são como conta de luz, consumiu pagou e não tem choro.
  • Quando falamos de empresas tradicionais que possuem datacenters internos, ao fazer análise de ROI para tomada de decisão sobre CAPEX ou OPEX, olhando friamente os números, o CAPEX sempre dará um melhor resultado de ROI, mesmo considerando na conta o refresh da infraestrutura de datacenter a cada 5 anos, o que nas empresas brasileiras dificilmente ocorre. Outro ponto a ser levado em consideração neste caso, infelizmente, ainda temos no Brasil regiões com infraestruturas de comunicação precárias, o que pode colocar em risco a operação da empresa se não tivermos infraestrutura local.
  • Eu não consigo dividir a minha operação em sistemas/aplicações que têm perfis e estão preparadas para rodar on-premise e em nuvem para termos o melhor dos dois mundos?
  • E se eu tiver a possibilidade de criar uma infraestrutura construída em uma arquitetura que me possibilite trabalhar on-premise e com multiplayers, onde dependendo do cenário eu tenha a flexibilidade de fazer a movimentação para onde tenha melhor resultado financeiro e técnico?

Vamos conhecer um pouco, não de forma profunda neste momento, vantagens, desvantagens e riscos das opções para nos ajudar a pensar.

Vantagens da Cloud Pública:

  • Escalabilidade: A capacidade de aumentar ou diminuir recursos conforme a demanda, sem a necessidade de grandes investimentos iniciais.
  • Custo: O modelo de pagamento conforme o uso permite que as empresas paguem apenas pelos recursos que realmente utilizam, reduzindo os custos operacionais.
  • Manutenção: O provedor de serviços é responsável pela manutenção e atualização da infraestrutura, permitindo que as empresas se concentrem em suas atividades principais.

Desvantagens da Cloud Pública:

  • Segurança: O compartilhamento de recursos pode levantar preocupações de segurança, especialmente para dados sensíveis.
  • Controle: As empresas têm menos controle sobre a infraestrutura e os dados, dependendo do provedor para garantir a segurança e a conformidade.

Riscos da Cloud Pública:

  • Dependência do Provedor: A dependência de um único provedor pode ser arriscada em caso de falhas ou interrupções no serviço.
  • Variação de Custos: Custos podem variar significativamente com o uso, especialmente em períodos de alta demanda.
  • Compliance: Garantir conformidade com regulamentações específicas pode ser desafiador em ambientes compartilhados.

Cloud Privada

A cloud privada é dedicada a uma única organização, oferecendo maior controle e segurança. Pode ser hospedada no data center da própria empresa ou por um provedor de serviços especializado. Esse modelo é ideal para empresas que lidam com dados altamente sensíveis ou que precisam cumprir rigorosos requisitos de conformidade.

Vantagens da Cloud Privada:

  • Segurança: Maior controle sobre a segurança e conformidade, com políticas personalizadas para atender às necessidades específicas da empresa.
  • Personalização: A infraestrutura pode ser personalizada para atender às necessidades específicas da empresa, proporcionando maior flexibilidade e desempenho.

Desvantagens da Cloud Privada:

  • Custo: O investimento inicial e os custos de manutenção são mais elevados em comparação com a cloud pública.
  • Escalabilidade: A escalabilidade pode ser limitada, exigindo planejamento e investimento adicionais para aumentar a capacidade.

Riscos da Cloud Privada:

  • Investimento Inicial: O alto custo inicial pode ser um obstáculo para muitas empresas.
  • Manutenção: A responsabilidade pela manutenção e atualização recai sobre a empresa, exigindo recursos e expertise internos.
  • Capacidade Limitada: A cloud pública pode limitar a capacidade de escalar rapidamente.

Cloud Híbrida

A cloud híbrida combina elementos de cloud pública e privada, permitindo que as empresas aproveitem o melhor dos dois mundos. Você pode mover dados e aplicações entre ambientes conforme necessário, proporcionando flexibilidade e otimização de custos.

Vantagens da Cloud Híbrida:

  • Flexibilidade: A capacidade de escolher onde hospedar dados e aplicações, com a opção de mover cargas de trabalho entre ambientes conforme necessário.
  • Custo: A otimização de custos é possível ao utilizar recursos públicos para cargas variáveis e privados para dados sensíveis.

Desvantagens da Cloud Híbrida:

  • Complexidade: O gerenciamento de múltiplos ambientes pode ser mais complexo, exigindo ferramentas e habilidades especializadas.
  • Segurança: A necessidade de políticas de segurança robustas para proteger dados em trânsito entre diferentes ambientes.

Riscos da Cloud Híbrida:

  • Integração: A integração entre diferentes ambientes pode ser complexa e exigir soluções de integração robustas.
  • Gerenciamento: A gestão de múltiplos ambientes pode ser desafiadora e exigir ferramentas especializadas.
  • Segurança: Garantir a segurança dos dados em trânsito entre diferentes ambientes pode ser um desafio.

Ambientes Multi-Cloud

Os ambientes multi-cloud envolvem o uso de múltiplos provedores de cloud para diferentes serviços ou aplicações. Essa abordagem oferece redundância e evita a dependência de um único fornecedor, proporcionando maior resiliência e flexibilidade.

Benefícios dos Ambientes Multi-Cloud:

  • Redundância: A distribuição de cargas de trabalho entre múltiplos provedores aumenta a resiliência e a disponibilidade dos serviços.
  • Flexibilidade: As empresas podem escolher o melhor provedor para cada serviço específico, aproveitando as vantagens de cada plataforma.
  • Negociação: O uso de múltiplos fornecedores permite que as empresas negociem melhores condições e preços.

Desafios dos Ambientes Multi-Cloud:

  • Gerenciamento: A complexidade no gerenciamento de múltiplos ambientes e fornecedores pode ser um desafio, exigindo ferramentas e processos eficientes.
  • Segurança: A necessidade de políticas de segurança consistentes entre diferentes clouds é crucial para proteger dados e aplicações.
  • Integração: A integração e a interoperabilidade entre diferentes plataformas podem ser desafiadoras, exigindo soluções de integração robustas.

Riscos dos Ambientes Multi-Cloud:

  • Complexidade: A gestão de múltiplos fornecedores e ambientes pode ser complexa e exigir recursos especializados.
  • Segurança: Garantir a segurança e a conformidade em múltiplos ambientes pode ser desafiador.
  • Custo: O gerenciamento de múltiplos contratos e provedores pode aumentar os custos operacionais.

A adoção de soluções em cloud computing é um passo crucial para a transformação digital e a competitividade das empresas e não existe certo e errado na escolha da solução. Lembre-se o melhor cenário é o que torna sua empresa mais competitiva e segura.

A Netconsulting, com mais de duas décadas de experiência em cibersegurança e governança de dados, está pronta para ajudar sua empresa a navegar com confiança no mundo da cloud, aproveitando os benefícios da flexibilidade, segurança e eficiência. Portanto, explore as possibilidades que a cloud pode oferecer e prepare sua empresa para os desafios do futuro.

Para saber mais sobre como a Netconsulting pode transformar seu negócio, visite (https://netconsulting.com.br).

Evandro Alves

Gostei

Comentar

Compartilhe



Você também pode se interessar

Fique por dentro de tudo!