RH: protagonista, coadjuvante ou figurante na transformação digital?


RH: protagonista, coadjuvante ou figurante na transformação digital?

A Transformação Digital é um processo contínuo que já faz parte do nosso dia a dia. Com maior ou menor intensidade, utilizamos aplicativos de
celulares tanto nas nossas atividades pessoais como profissionais. O lançamento de novos aplicativos vem crescendo de forma exponencial, em
especial por pequenas startups que desenvolvem produtos inovadores a partir das tecnologias atuais e emergentes. Segundo levantamentos da
CB Insights, somente as HRtechs captaram 7,3 bilhões de dólares em todo o mundo de 2012 a 2016.

O início da linha do tempo que ilustra este artigo marca o período de implantação dos primeiros portais de e-commerce, no fim da década de 90.
Seus resultados, potencializados pelas ações de marketing digital e impulsionados por mais de 23 milhões de compradores, promoveram um crescimento significativo no volume de negócios, de R$ 2,5 bilhões no final de 2005, para mais de R$ 60 bilhões, em 2017.

A evolução das aplicações que utilizam serviços em nuvem tem tomado um impulso cada vez maior, reduzindo a necessidade de investimentos de
capital, consumo de energia e emissões de carbono. Segundo relatório do Carbon Disclosure Project (Projeto de Divulgação de Carbono), até 2020, e
apenas nas organizações norte-americanas, essas reduções implicarão economias com custos de energia estimados em US$12,3 bilhões, o equivalente a 200 milhões de barris de petróleo.

Hoje, com a disponibilização de tecnologias inovadoras – como Blockchain, Internet das Coisas, Big Data, Machine Learning, Serviços Cognitivos,
entre outras – e sua adoção por um número cada vez maior de organizações, assistimos ao nascimento dos negócios digitais. Eles já reinventaram
as organizações e ajustaram suas culturas para produzir e oferecer soluções que integram Pessoas e Coisas.

Um exemplo desta integração é a empresa Adherium, da Nova Zelândia, que oferece um inalador com sensores que acompanham as datas
e horas que o paciente usou. Um link Bluetooth transfere os dados do inalador para um aplicativo no smartphone do paciente e este passa os dados para a nuvem. De lá, pacientes, médicos e cuidadores podem acessar os dados e acompanhar se a medicação está sendo aplicada de acordo com a receita médica. A partir desta intervenção, a adesão à medicação por asmáticos adultos aumentou 59%, e os ataques graves diminuíram 60%.

Como último estágio projetado na nossa linha do tempo, a partir de 2020 alguns negócios autônomos estarão em funcionamento, com organizações
independentes reguladas por relações contratuais e vinculadas a marcas comuns e metas estratégicas próprias.

Estudos do Gartner e IDC apontam que, em 2020, aproximadamente 70% das organizações terão equipes dedicadas a projetos de transformação de
suas atividades empresariais em um Negócio Digital liderado por profissionais das áreas de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) apoiados
pelos de Negócios, cada vez mais pressionados pela competição global.

É justamente nesse contexto, em que tecnologias assumem uma relevância cada dia maior nos negócios, que os profissionais de TIC e RH, considerados agentes da modernidade organizacional, precisarão usar suas atividades complementares para atuar conjuntamente. Não só para ajudar as pessoas a absorver suas aplicações, mas também para promover, a uma velocidade cada vez maior, as consequentes mudanças
no modus operandi das organizações. 

Com os projetos de transformação digital nas organizações, os profissionais de TIC estão assumindo o protagonismo pelo domínio das tecnologias.
E nós de RH? Estamos preparados? Estamos assumindo nosso papel de protagonistas pelo domínio das relações humanas ou atuando como coadjuvantes? Como a maioria dos demais profissionais, estaríamos apenas seguindo um roteiro estabelecido, muitas vezes não entendendo bem a amplitude e a profundidade das mudanças?

A cada dia que passa, é mais importante e fundamental acompanhar essa evolução, que não tem volta. Não podemos ser simplesmente figurantes,
mas participantes ativos nesse novo contexto. Seja um protagonista dessa mudança!


Av. Goiás, 3400 - Santo Antônio,
09550-051 - São Caetano do Sul - SP


(11) 4221-5011
(11) 4229-2362


Scroll to Top