ABC DO ABC ENTREVISTA PRESIDENTE DO ITESCS, LUIZ SCHIMITD.

  • 05 de Agosto de 2019
  • Blog

ABC DO ABC ENTREVISTA PRESIDENTE DO ITESCS, LUIZ SCHIMITD.

A fim de atrair empreendedores do mundo inteiro para Portugal, o governo local tem liberado diversos tipos de incentivos fiscais e tributários para tornar cada vez mais interessante a atividade mercadológica daqueles que têm interesse em investir no país português. O atual cenário econômico, nada tem de parecido quando, no início dos anos 2000, o país enfrentou a sua pior crise econômica. Depois do socorro de 78 bilhões de euros e políticas severas, além da intervenção da União Europeia junto ao FMI – Fundo Monetário Internacional, Portugal vive hoje um de seus melhores momentos em 17 anos.

Dentre as dezenas de políticas públicas aplicadas, uma das apostas do governo foi o incentivo ao empreendedorismo para gerar riqueza e empregos. Entre eles estão a concessão de uma espécie de bolsa com um apoio financeiro mensal para os primeiros passos do negócio e vistos especiais de residência em Portugal – considerado a porta de entrada para a União Europeia. Antes decadente, agora, a indústria cresce e se qualifica, ao mesmo tempo em que o país se transforma em um celeiro europeu de tecnologia, design e economia digital.

Portugal é um verdadeiro case de sucesso na superação de crise financeira e na criação de medidas e soluções para alcançar o desenvolvimento. É um exemplo que deve ser observado de perto pelos empresários, ao mesmo tempo que existe a possibilidade de qualquer empresa “embarcar” neste processo de crescimento do país, sobretudo, as startups. Em outras palavras, para superar uma crise intensa em sua economia, Portugal criou e abriu caminhos para que empreendedores de qualquer lugar do mundo, possam ter seus negócios no país e, consequentemente, crescer com ele.

Os empresários do ABC estão atentos à essas inovações e de olhos bem abertos para os incentivos que Portugal oferece. Com enorme concentração de indústrias automobilísticas e de auto-peças, a região está se readaptando às bruscas transformações que a modernidade trouxe ao seu principal nicho de trabalho.

“O ABC é um ótimo produtor de inteligência brasileiro, e isso precisa estar mais presente na mente do povo”, destacou o presidente do ITESCS – Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul, Luiz Schimitd. “Enxergo Portugal como uma verdadeira potência. A Europa tem aberto um mundo de possibilidades interessantes, como o ‘Portugal 2020’ e agora, o ‘acordo da União Europeia com o Mercosul’. Alguns empreendedores do ABC, ao driblar a crise, perceberam essa oportunidade e estão conquistando o mundo, provando o alto potencial da nossa região”, completou.

Porém, antes de comprar as passagens e se mudar para Portugal é preciso prestar atenção em alguns aspectos importantes. “Primeiro, se o produto ou serviço que será comercializado em Portugal resolve um problema daquela população, entender as questões culturais, caráter, embalagem, qualidade, processo mundiais, entre outros pontos que precisam ser ajustados para que a vida do empresário seja longa e de sucesso”, alertou Schimitd.

E, justamente para falar sobre os caminhos abertos em Portugal, esclarecer dúvidas e curiosidades sobre como funciona todo o processo de internacionalização de um negócio, será realizado no dia 24 de agosto, o 3º Atlantic Connection, no Teatro CIEE, em São Paulo (SP). O evento é organizado pela Atlantic Hub – com sede em Lisboa (PT) e São Bernardo do Campo (SP), sendo destinado a empreendedores, empresários e investidores luso-brasileiros que pretendem entrar para esse ecossistema e, até mesmo, para quem apenas pretende se mudar para Portugal e buscar um oportunidade de trabalho por lá. “O encontro é o ponto central quando se fala de negócios Brasil X Portugal. Melhor do que aprender fazendo (e muitas vezes errando), é ter especialistas altamente qualificados para nos orientar na tomada de corretas decisões”, pontua Schimitd.

O Atlantic Connection trará painéis e palestras com importantes nomes, como o presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil, Nuno Rebelo de Sousa; o fundador e CEO do Inodev Portugal, João Cabral; o fundador da Bossanova Investimentos, João Kepler; o general manager da Startupi, Geraldo Santos, entre outros.

Serviço:

Dia: 24 de agosto de 2019

Onde: Espaço Sociocultural – Teatro CIEE

Rua Tabapuã, 445 – Itaim Bibi, São Paulo, SP

Horário: 9h às 17h

O que: Palestras, Painéis com especialistas, Feira com startups e patrocinadores, networking, mentorias de startups

Ingressos: www.atlantichub.com/atlanticconnection2019/

Ainda, dez startups brasileiras disputarão o Atlantic Awards


e-mail: coordenacao@itescs.com.br


(11) 4221-5011


Scroll to Top